É FADINHA! Rayssa Leal supera campeã Olímpica e vence segunda etapa do Street League Mundial de Skate. Pâmela Rosa fica na 4ª posição

Rayssa consegue virar última manobra, tira nota acima da necessária e conquista a segunda etapa do Street League (Foto: Divulgação/SLS)

Campeã da primeira etapa da Street League de skate em Salt Lake City, Rayssa Leal repetiu o feito neste domingo em Lake Havasu. A brasileira liderou a maior parte da competição, mas foi ultrapassada na rodada decisiva pela campeã olímpica Momiji Nishiya.

Na última manobra, no entanto, a skatista de Imperatriz, no Maranhão, precisava tirar 5,7 para ganhar o título e conseguiu 6,3, faturando seu segundo troféu na temporada. Pamela Rosa terminou em quarto lugar, enquanto Gabriela Mazetto foi a sexta colocada.

Na volta de 45 segundos pela pista, Rayssa Leal conseguiu a nota de 4,7 e ficou na segunda colocação, apenas 0,1 atrás da japonesa Funa Nakayama. Quem foi bem também foi a americana Mariah Duran, que obteve 4,5 e assumiu a terceira colocação, a frente da campeã olímpica Momiji Nishiya, que fez 3,9.

Pamela Rosa, que cometeu um erro logo em sua primeira manobra, ficou na quinta colocação com 2,8, 0,5 a frente de Gabriela Mazetto. Na primeira tentativa da série de manobras, Rayssa Leal conseguiu 6,1 e chegou a 10,8.

A brasileira ficaria na primeira colocação não fosse os 6,3 obtidos por Funa Nakayama, que assumiu a ponta com 11,1. Por outro lado, Pamela Rosa fez 5,3 e assumiu a terceira colocação com 8,1, enquanto Gabriela Mazetto alcançou 4,8 e passou a ser a quinta colocada.

Na segunda rodada de manobras, Funa Nakayama errou e zerou. Com isso, as brasileiras aproveitaram para assumir as três primeiras colocações. A melhor nota foi de Gabriela Mazetto com 5,9, que fez ela chegar a 13,6 e pular para a segunda colocação. A liderança ficou para Rayssa Leal, que somou mais 4,8 e totaliizou 15,6. A nota de Pamela Rosa foi a mesma de Rayssa, que a levou a 12,9.

Rayssa Leal ampliou sua liderança ao marcar 6,8 na terceira rodada de manobras e pulou para 17,7. Pamela Rosa e Gabriela Mazetto erraram suas manobras e foram ultrapassadas por Funa Nakayama, que assumiu a vice-liderança com 16,1, e pela holandesa Roos Zwesloot, que chegou a 13,6.

A quarta rodada definiria as quatro classificadas para a final e Gabriela Mazetto não conseguiu completar a manobra, zerando pela segunda vez seguida. Com 13 pontos, ela precisaria torcer contra as outras adversárias para conseguir ser finalista, mas ela ficou de fora quando Pamela Rosa foi para pista, acertou sua tentativa e chegou a 14,4.

Com os 14,4, Pamela Rosa se classificou para a final na terceira colocação, mesma pontuação da campeã olímpica Momiji Nishiya. Rayssa Leal errou sua tentativa, mas manteve a primeira colocação com 17,7 com Funa Nakayama em segundo com 16,1.

Na final, cada uma das quatro skatistas tiveram duas chances de melhorar seus resultados. Na primeira tentativa, Pamela Rosa conseguiu um 6 e assumiu a terceira colocação com 16,1, enquanto as outras três concorrentes erraram suas manobras.

Na rodada decisiva, Pamela Rosa precisava de um 6,5 para assumir a liderança, mas acabou caindo no final da manobra. A campeã olímpica Momiji Nishiya precisava de 7,3 para ultrapassar Rayssa Leal e conseguiu 8,0, subindo para 18,8 e ficar com o primeiro lugar.

Funa Nakayama errou sua manobra e terminou em terceiro com 16,1, deixando Pamela Rosa em quarto. Na última tentativa, Rayssa Leal precisava de 5,7 para ser campeã. A brasileira foi certeira, tirou 6,3 e conquistou seu segundo título na temporada 2021 da Street League.

[ FONTE: Olimpíada Todo Dia ]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *